Posts

Alunos do Formare recebem Gerente de Operações Industriais

Foto Eurípedes ValadaoAos 37 anos de idade, o Gerente de Operações Industriais da unidade Luiz Antônio, Eurípedes Valadão Jr., tem mais da metade de sua vida dedicada à International Paper. São 19 anos de trabalho, o que o torna um expert quando o assunto é a produção de papel e celulose. Nestas quase duas décadas, há pelo menos cinco anos ele se dedica a atividades com os alunos do Formare, compartilhando experiências e orientações. No final de julho, Valadão, como é chamado pelos colegas na IP, participou de mais uma edição do Papo Formare.

Engenheiro de formação, Valadão entrou na IP aos 18 anos, traçando uma trajetória duradoura de crescimento profissional. E foi sobre essa caminhada que ele conversou com os alunos do Formare, que estão em processo de decisão de carreira. “Procurei mostrar a eles, por meio da minha história, alguns caminhos para que eles entendam como funciona a dinâmica da vida profissional”, explica.

DÚVIDAS DE TODOS OS TIPOS – As escolhas pessoais e de carreira são um tema recorrente nos encontros dos executivos com os alunos, que aproveitam a oportunidade para esclarecer suas dúvidas, aproveitando ao máximo os exemplos e as orientações transmitidas com base na vivência de quem já aprendeu muito com os erros e acertos ao longo da vida. “Os estudantes me perguntaram sobre as minhas dificuldades de carreira e as minhas escolhas pessoais. Percebo que eles trazem para a conversa essa dúvida sobre qual caminho devem trilhar para dar um rumo certo para o futuro”.

Ao final da conversa, os executivos que participam do Papo Formare sempre deixam uma mensagem aos alunos para que continuem seus estudos e tenham sucesso em sua jornada. E, com Valadão, não foi diferente. “Não desistam de sonhar, se os seus sonhos atuais estão muito distantes, mude de sonho e readapte para que possam ser buscados aos poucos. Ao alcançar um sonho, busque outro e lembrem-se que desta vida não levamos nada além das experiências”, diz.

Alunos do Formare falam sobre carreira e oportunidades com a presidente do IIP

Encontro faz parte da série de bate-papos que o Instituto promove para aproximar os jovens estudantes de profissionais experientes do mercado

Formare_mg_leandra_iip

A Presidente do Instituto International Paper e Diretora Jurídica e de Sustentabilidade da IP, Leandra Ferreira Leite, se reuniu com a turma de 2016 do Formare nos dias 8 e 11 de março para uma conversa sobre futuro e expectativas de carreira. Seja em um encontro presencial, como aconteceu no dia 11, com os alunos de Mogi Guaçu, ou via Telepresence, como foi o bate-papo com a turma de Luiz Antonio, Leandra faz questão de participar desta conversa com os alunos em todas as edições.

À frente do Instituto desde 2012, quando assumiu a presidência, Leandra acumula ampla experiência na área jurídica de empresas como Polenghi, Braskem, Leroy Merlin e Embraer, onde auxiliou na Implantação do Instituto Embraer de Educação e Pesquisa, experiência que a aproximou do Instituto International Paper desde o início das atividades em 2007, quando atuava como advogada, antes de assumir a presidência.

Os alunos tiveram a oportunidade de conhecer uma profissional da área jurídica, que aliou a prática do direito com questões ligadas à sustentabilidade e à responsabilidade social, temas fortemente ligados aos negócios da IP e às causas do Instituto.

Estudar sempre – Leandra participa dos encontros com alunos do Formare desde o início do projeto e sua principal mensagem em todas as edições é a importância dos estudos. “É preciso estar aberto a oportunidades e nunca deixar de estudar, porque pode ser um diferencial. Também faço questão de dizer que é muito importante acreditar em um futuro melhor para alcançar os sonhos. E nunca desistir deles.”

Além da importância dos estudos para o desenvolvimento da carreira, a presidente do IIP ressalta o valor da humildade para qualquer ser humano em qualquer momento da vida pessoal e profissional. “Cada um tem sua história e suas dores, mas é preciso motivação e interesse pelo que acontece no mundo, por que isso traz um olhar crítico e mais atenção para as novas possibilidades e oportunidades que surgirem pela frente, algo fundamental no desenvolvimento da carreira.”

Expectativas – Todos os anos, Leandra espera que os alunos do Formare sejam uma turma curiosa e com muita vontade de aprender. “Espero também que possamos conseguir coloca-los no mercado de trabalho. Esse é um dos principais objetivos do projeto.”

A importância do diálogo – Para Leandra, oportunizar momentos de diálogo entre profissionais experientes e os jovens do Formare é essencial para que os jovens tenham a oportunidade de aprender por meio de diferentes perspectivas e experiências, pois cada profissional traz uma trajetória, com vivências e dificuldades que podem se assemelhar em alguns momentos, ou podem ser totalmente diferentes. “O mais importante é que esses jovens percebam que não estão sozinhos em suas dúvidas e dificuldades. Durante o bate-papo, eles percebem que é possível mudar de vida e conquistar coisas que eles ainda nem sabem que podem”, diz. Nesse sentido, “cada experiência é uma aula de vida. Cada interface é um aprendizado recíproco”, finaliza.