Três Lagoas forma mais uma turma do Projeto Escola Formare

Em cerimônia cheia de surpresas, alunos discursaram e homenagearam o trabalho dos Educadores Voluntários

foto Formare TL2

Mais um ciclo termina e uma nova etapa se inicia para os recém-formados do Projeto Escola Formare de Três Lagoas. A solenidade de formatura aconteceu no dia 7 de julho, no salão Vieira Festas e contou com a presença dos familiares dos jovens diplomados e também dos profissionais da IP que fizeram parte da formação dos alunos durante os 10 meses de curso, atuando como Educadores Voluntários (EVs) ou Tutores.

Em uma solenidade cheia de surpresas, a paraninfa da noite, escolhida pelos alunos, foi a Assistente Administrativa da IP, Bruna Locatelli (na foto, ao centro de branco). Há cinco anos na empresa, a EV da disciplina de Comunicação Oral e Escrita conta que ficou muito feliz pelas homenagens, revelando que a cerimônia de formatura teve a data alterada para não coincidir com as suas férias. “Eu havia dito em uma das aulas que talvez não estivesse presente na formatura porque estaria de férias. Depois a data mudou, e eu nem desconfiei de nada. Soube no dia, que seria a paraninfa e fiquei sem palavras. Foi uma turma muito especial”, conta.

Mas as surpresas da noite não pararam por aí. A formanda Ana Lívia Ribeiro, de 17 anos, conta que ficou muito emocionada ao descobrir que faria o discurso para as famílias. “Foi muito emocionante. Na hora de receber o diploma, passou um filme na minha cabeça com os flashes destes 10 meses”, diz a técnica em química que se inscreveu no Formare por conta da parte prática oferecida pelo curso e que se prepara para concorrer a uma vaga de jovem aprendiz na IP, assim que houver oportunidade.

Para Augusto Lino dos Santos, 17 anos, formando de Três Lagoas, o Formare mudou a forma como ele vê o mercado de trabalho. “É difícil citar o que foi melhor, mas o curso me deu uma visão de futuro, me mostrou que o importante é não ficar parado e estar sempre preparado”. Para ele, foi muito importante ver sua tutora, Gláucia Faria, Gerente de Responsabilidade Social e Sustentabilidade da IP, na cerimônia de graduação. “Eu sei que a agenda dela é muito ocupada, mas fiquei muito feliz e surpreso por conseguir vê-la”, afirma.

Ele também ressalta o trabalho da EV Bruna Locatelli. “Os alunos criaram um vínculo muito forte com ela, porque as aulas eram depois do almoço e não era fácil. Mas ela sempre trouxe aulas dinâmicas, que envolviam”, revela Augusto, que pretende agora estudar para o Enem e tentar uma vaga na área de Sistemas da Informação na UFMS.

Para todos os EVs, fica a sensação de missão cumprida e a expectativa para a próxima turma, prevista para o primeiro semestre de 2017. Para os jovens formandos, o começo de uma nova trajetória. Boa sorte a todos!

0 comentários

Deixe seu comentário

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>