Seja um Guardião das Águas!

Com ações simples, você também pode se tornar um defensor desse recurso natural tão precioso
A economia de água tem sido um assunto bastante debatido nos últimos anos, devido a disponibilidade hídrica e os impactos da falta de chuva em diversas regiões do País.

Ciente de sua responsabilidade social, o Instituto International Paper promove anualmente o projeto Guardiões das Águas”, que chega em 2016 em sua 9º edição tendo como objetivo envolver alunos e professores de escolas municipais e também profissionais da IP em um movimento para a conscientização sobre o uso racional dos recursos hídricos e a conservação ambiental.

Mais do que proporcionar um momento de reflexão, a ideia é formar agentes multiplicadores de atitudes ecologicamente sustentáveis nas comunidades onde vivem.  Por isso, a mobilização de crianças em idade escolar é muito importante para que elas tenham a consciência de que a preservação acontece nas ações do dia a dia e a água precisa de guardiões em todos os lugares!

Guia rápido para se tornar um Guardião das Águas:

  • No banho:feche o chuveiro ao se ensaboar e depois abra para se enxaguar. Não fique com o chuveiro aberto. O consumo poderá cair de 180 para 48 litros.
  • Ao escovar os dentes:feche a torneira e utilize um copo de água para enxaguar a boca. Essa atitude economiza até três litros de água.
  • Na descarga:verifique se a válvula não está com defeito, aperte-a uma única vez e não jogue lixo no vaso sanitário.
  • Na torneira:uma torneira aberta gasta de 12 a 20 litros por minuto. Pingando pode gastar até 46 litros por dia. Isto significa 1.380 litros por mês.
  • Na lavagem de louças:lavar louças com a torneira aberta, o tempo todo, desperdiça até 105 litros de água. Ensaboe a louça com a torneira fechada e depois enxágue tudo de uma vez. Na máquina de lavar são gastos 40 litros. Utilize-a somente quando estiver cheia.
  • Lavar carro:reduza o número de lavagens no mês. Ao lavar em casa, prefira o balde à mangueira, que chega a gastar cerca de 600 litros de água em uma única lavagem.
  • Na limpeza de quintal e calçadas: use vassoura e, se precisar, utilize a água que sai do enxágue da máquina de lavar.

Apesar dos índices de chuva  no final de 2015 e começo de 2016 estarem superando as expectativas, abastecendo as represas e estabilizando o fornecimento de água em várias cidades, precisamos continuar alertas para evitar o desperdício.

A crise hídrica que vivemos recentemente deve servir como um lembrete de que a água é um recurso finito e que, se não cuidarmos dele agora, vai acabar no futuro. Pense nisso!

 

0 comentários

Deixe seu comentário

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *