Relatório de Sustentabilidade da IP revela avanços na preservação ambiental

Empresa mantém o foco na agenda 2020 e reduz a emissão de poluentes em 13% em dois anos 

GRI_foto

A International Paper divulgou em outubro o seu Relatório de Sustentabilidade. O documento revela as boas práticas da empresa em diferentes indicadores, como: preservação e economia de recursos naturais, segurança do trabalho, gestão de pessoas, ações na comunidade, entre outros.

Anualmente, empresas de grande porte prestam contas à sociedade sobre as iniciativas realizadas para redução dos impactos ambientais decorrentes de sua atividade.  Em uma demonstração de transparência, todas essas informações são compiladas em um documento, que torna públicas as iniciativas de responsabilidade social de uma organização.

Transformando a vida das pessoas – A IP estabelece como base de sua sustentabilidade os chamados 4P: Performance, Pessoas, Planetas e Produtos. Na prática, esses quatro pilares mostram como a empresa deve atuar de forma ética, para o alcance dos resultados financeiros, com o menor impacto ambiental possível, gerando empregos com a criação produtos renováveis e recicláveis.

Na IP, transformar a vida das pessoas é uma missão. Um trabalho desenvolvido em múltiplas frentes, com profissionais, parceiros, clientes e também com a comunidade. É aí que entra o Instituto International Paper, responsável pelos projetos socioeducativos desenvolvidos pela empresa. Somente em 2016 foram mais de 28.500 beneficiados em projetos, como: Apicultura Solidária, ESA, Guardiões das Águas, PEA, Natureza e Corpo, entre outros.

Inovação em prol do meio ambiente – Nos últimos anos, a IP reduziu em 13% a emissão de gases de efeito estufa, dentro da meta estabelecida para o ano de 2020. De toda a água utilizada em seus processos industriais, 95% é devolvida tratada para a natureza e 90% da energia utilizada nas fábricas são provenientes de fontes renováveis.

Para mais detalhes acesse: http://relatorio.institutoip.com.br/2016/index.html

 

0 comentários

Deixe seu comentário

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>