Natureza e Corpo encerra o ano com alimentação saudável na escola

Alunos da Escola Municipal Joaquim Marques de Souza (3)

Educar para um estilo de vida mais saudável. Com este propósito, o Instituto International Paper promove anualmente o “Natureza e Corpo”, projeto que propõe às escolas do município de Três Lagoas (MS) uma reflexão sobre qualidade de vida por meio da implantação de hortas comunitárias. A edição deste ano, que teve início no primeiro semestre, terminou em 21 de novembro, na escola Joaquim Marques de Souza, e no dia 22, na Escola Parque São Carlos. Mais de 1.600 alunos foram beneficiados.

Os professores desenvolveram as atividades relacionando-as ao contato com as mudas. Assim, os estudantes aprenderam não só técnicas de cultivo de vegetais, como também aplicaram a teoria da sala de aula ao dia a dia na horta, em uma prática interdisciplinar.

O encerramento do projeto foi marcado por um evento, no qual foi feito um balanço dos conceitos ensinados aos jovens, os principais pontos de aprendizado e troca. Os alunos puderam também participar de um workshop, quando assistiram a um espetáculo teatral, que trouxe dois temas trabalhados no projeto: alimentação saudável e a história do café. Além das atividades expositivas, os alunos foram estimulados a propor melhorias para a horta no próximo ano. Após votação, as melhores propostas serão colocadas em prática em 2017.

De 2013 a 2015, o foco do “Natureza e Corpo” era o resgate dos costumes populares da região de Mato Grosso do Sul, por meio do cultivo de ervas aromáticas, mostrando como a saúde, a natureza e as tradições estão interligadas e fazem parte da cultura de um povo. Este ano, porém, o projeto deu um passo à frente e levou o plantio de verduras e legumes para a escola, visando ao estímulo de uma alimentação mais variada e nutritiva, por meio dessa aproximação de crianças e adolescentes ao contato com a terra.

A escolha do tema vem em um momento em que entidades internacionais discutem estratégias para uma alimentação ambientalmente sustentável e economicamente viável. Tanto que o ano de 2016 foi eleito pela Organização das Nações Unidas (ONU) como o Ano Internacional das Leguminosas. Trata-se de uma forma de chamar a atenção do mundo para a criação de políticas públicas que estimulem o consumo destes alimentos.

Ciente da importância da discussão desta temática no âmbito escolar, o Instituto International Paper trabalhou em seus projetos a questão da alimentação saudável em outras vertentes, como nos concursos Literário e de redação do ESA (Projeto Educação Socioambiental), levando alunos e educadores a refletirem sobre os próprios hábitos alimentares.

 

 

0 comentários

Deixe seu comentário

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>