Jardinagem pelo correio

Projeto estimula a troca de sementes por carta

shutterstock_387561841

Com o surgimento do e-mail, a troca de cartas tornou-se um hábito raro entre as pessoas. Mas, a empresária de Florianópolis, Anaísa Catucci teve uma ideia original, que superou a marca de 2 mil pessoas interessadas em 24 horas: a troca de sementes pelo correio. Assim começou o projeto “Sementes pelo Mundo”.

A ideia começou quando Anaísa e o namorado resolveram fazer uma horta doméstica. As sementes que sobraram foram anunciadas nas redes sociais e atraíram milhares de desconhecidos, muito mais até do que a quantidade que eles tinham em mãos. Ao unir o gosto pela correspondência e pela jardinagem, a empresária formou uma rede para a troca de sementes, que são enviadas por carta, com instruções para o plantio.

O projeto atualmente busca parceiros para continuar a crescer e acumula histórias. Os interessados têm diferentes perfis, que vão de pais que querem mostrar aos filhos como uma semente germina a pessoas que perderam parentes e encontraram na jardinagem uma espécie de terapia.

Plantas na educação – No Instituto International Paper, o projeto Natureza e Corpo existe desde 2013 na unidade de Três Lagoas Lagoas (MS) para difundir a cultura regional por meio das ervas e hortas comunitárias implantadas nas escolas municipais.

Até 2015, o Natureza e Corpo fazia um resgate da tradição, com as plantas utilizadas pelos nossos avós em chás e na culinária, mostrando os benefícios das plantas para a saúde. No ano passado, o Natureza e Corpo ingressou em uma nova fase e levou a horta para a escola, em uma proposta multidisciplinar, em que os professores das diversas áreas do conhecimento se apropriavam dos canteiros para a explicação de conteúdos da grade curricular tradicional, conectando teoria e prática.

0 comentários

Deixe seu comentário

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

COMENTE

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Por favor preencha este campo obrigatório.

Por favor preencha este campo obrigatório.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>