DSC02333

IIP celebra dia do voluntariado

Para comemorar o Dia Internacional do Voluntário, celebrado dia 5 de dezembro, o Instituto International Paper levou os profissionais voluntários do projeto Formare para uma atividade externa. Com o objetivo de reconhecer o trabalho voluntariado desenvolvido por cada um, os colaboradores de Luiz Antônio e Mogi Guaçu (SP) fizeram um passeio em Brotas e os de Três Lagos (MS) foram para A Pousada do Tucunaré, na própria cidade.

MG3O dia contou com atividades ao ar livre, lazer e interação entre os voluntários e os alunos do FORMARE. “Foi um dia muito gostoso. É muito gratificante e importante a empresa apoiar que tenhamos também um dia de reconhecimento e diversão”, ressalta Marina Novas, Assistente Administrativo na Fábrica da International Paper de Luiz Antônio e educadora voluntária no projeto FORMARE.

A data foi instituída pela ONU em 1985. Na definição da organização, o voluntário se caracteriza como “a pessoa que, devido a seu interesse pessoal e ao seu espírito cívico, dedica parte do seu tempo a diversas formas de atividades sem remuneração, visando o bem-estar social e outros campos”. Além disso, para o Instituto International Paper, são eles os grandes responsáveis por mudar a vida de muitas pessoas que vivem nas comunidades no entorno das fábricas da IP.

MG1

Para Wagner Cortez, Supervisor Administrativo do RH, ser voluntário do IIP é valioso tanto no fator humano como no profissional. “A gente ganha de todas as maneiras. Intelectualmente, pois aprendemos um pouco mais ao estudar para conseguir passar o conhecimento aos alunos; e pessoalmente, porque são histórias de vidas totalmente diferentes, que nos dão força. Eu sempre digo os alunos que nós – educadores voluntários – ganhamos mais do que eles”, ressalta.

Voluntários criam espaço para as pessoas se desenvolverem, adquirirem autonomia e voz, além de contribuírem para salvar o planeta por meio da educação socioambiental.

LAN1

Segundo Marina, que é voluntária desde que entrou na IP em 2013 e leciona as matérias Inglês e Comunicação e Relacionamento, a identificação que acontece é um dos fatores transformadores. “Eu me identifico muito com a história dos alunos, porque eu também vim de uma família humilde com alguns problemas socioeconômicos, então é bom poder compartilhar algumas experiências. É gratificante contribuir um pouco e também aprender e absorver com eles essa questão da diversidade das pessoas”, enfatiza.

Durante a comemoração da data internacional, o Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, elogiou a prática do voluntariado, pois “consegue transcender fronteiras, religiões e divisas culturais”, disse em pronunciamento.

Atualmente são mais de 200 voluntários engajados nas causas do IIP, comprometidos com a educação e em melhorar a vida de crianças, adolescentes e comunidades. Em depoimentos sobre o curso profissionalizante FORMARE, alguns voluntários do IIP destacaram suas experiências no projeto, como Alessandro Nogueira, que acredita que “os 40 minutos que tiro para dar aula, faz a diferença. Faz com que eu me sinta bem por saber que eu estou contribuindo para essas pessoas”.

O voluntariado traz vantagens que transcendem a estima e podem interferir, de maneira positiva, em sua vida profissional. As organizações veem naqueles que prestam algum tipo de serviço voluntário responsabilidade e engajamento com causas que beneficiem tanto os profissionais quanto a sociedade.

DSC02226

 

0 comentários

Deixe seu comentário

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>