FORMARE_foto

IIP abre as inscrições para o FORMARE

Começam nesta segunda-feira, 19 de outubro, as inscrições para o FORMARE das regiões de Mogi Guaçu e Luiz Antônio, projeto que completa cinco anos de muito sucesso aos cuidados do Instituto International Paper. O curso de capacitação já formou 174 jovens, com o diploma de Assistente de Produção da Indústria de Processo.

Podem participar do processo seletivo jovens que em 2015 estiverem cursando o 2º ou o 3º ano do Ensino Médio em escolas públicas. O curso de iniciação profissional é um complemento ao ensino regular, sendo as aulas ministradas de segunda a sexta-feira durante o dia nas fábricas da International Paper. Serão disponibilizadas 20 vagas para cada unidade (Mogi Guaçu e Luiz Antônio).

“Acreditamos que com esse projeto nós possamos colaborar com a comunidade que atuamos, capacitando os adolescentes para o mercado de trabalho”, afirma Gláucia Faria, Coordenadora de Responsabilidade Social da International Paper. As aulas do programa são ministradas voluntariamente por profissionais da IP, conhecidos como educadores voluntários, que fazem o intenso trabalho de incentivo à continuidade dos estudos e a busca pelo primeiro emprego aos alunos, fato que auxiliou na inexistência de abandono do curso nesses anos de projeto.

Na matéria “Educadores Voluntários do FORMARE falam sobre suas experiências”, divulgada pelo blog Instituto International Paper, em março de 2015, Alessandro Nogueira, técnico de programação na unidade de Luiz Antônio, contou sobre sua experiência: “os 40 minutos que eu tiro para dar aula para eles [os alunos] eu vejo que faz a diferença. Faz com que eu me sinta bem por saber que estou contribuindo para essas pessoas, disse.

Dos jovens formados nas duas unidades, 24% foram admitidos pela própria International Paper e 43% por outras empresas da região. Os outros alunos continuaram os estudos, ingressando em universidades ou cursos técnicos. Os dados refletem a boa receptividade do mercado de trabalho com formandos do FORMARE, jovens de baixa renda, moradores das comunidades de Mogi Guaçu, Luiz Antônio, Guatapará, São Simão e Santa Rosa de Viterbo.

Foi o caso de Kahena Machado, de 21 anos, formada pelo FORMARE, na unidade de Mogi Guaçu, em 2012. Atualmente, ela trabalha como Ajudante do Tratamento de Água e Efluentes da International Paper e também é professora voluntária do projeto. A ex-aluna acredita que o curso abriu caminhos profissionais e ajudou muito na escolha da área de atuação. “O curso foi uma das melhores coisas que aconteceu na minha vida, porque consegui dar o passo inicial na minha carreira”, ressalta.

Kahena é uma das alunas de sucesso do projeto que, além de ter conquistado uma vaga de emprego na empresa que queria, continua com sonhos de crescer ainda mais na profissão. Depois de ingressar como profissional na International Paper, decidiu cursar técnico em química e pretende cursar a faculdade de biologia. “No FORMARE, a aula que mais me marcou foi a que eu tive com o meu atual chefe, a parte ambiental, água, efluentes e geração de energia. Essa matéria foi a que teve mais influência para mim. Eu decidi que era aquilo que eu queria para a minha vida”, declara.

A ex-aluna acredita que o projeto a ajudou a ampliar a sua visão de mercado, carreira e possibilidades de trabalho. Desde 2013, ela é uma das profissionais da IP voluntárias do projeto. No final deste ano, ministrará a matéria da mesma área em que atua, o tratamento de água e afluentes e a geração de energia. “Eu falo para meus alunos: abracem a oportunidade e vejam o FORMARE como seu futuro, ampliem seus sonhos, assim como eu fiz!”, enfatiza Kahena.

FORMARE: Como funciona

O Instituto International Paper disponibiliza 20 vagas por unidade para jovens ingressantes do 2º e 3º ano do Ensino Médio de escolas públicas, moradores das comunidades atendidas pelo IIP. Por ano, há cerca de 100 candidatos por região.

Lançado na International Paper em 2010, o Projeto Escola Formare, desenvolvido pela Fundação Iochpe (franquia social), oferece cursos de educação profissional para jovens de famílias de baixa renda, com certificado reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) e emitido pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). Os professores são funcionários da International Paper que se voluntariam para as vagas e ajudam a formar os alunos em “Assistentes de Produção da Indústria de Processo”.

Neste ano, os candidatos terão até o dia 6 de novembro para se inscreverem pela internet. Será aplicada uma prova em cada unidade, sendo: Mogi Guaçu, dia 13 de novembro, às 13h, no Colégio São Francisco; Guatapará, dia 12 de novembro, às 8h30, na E.E. “Jornalista Gavino Virdes”; Luiz Antônio, dia 12 de novembro, às 13h30, na E.E. “Coronel Arthur Pires”; São Simão, dia 12 de novembro, às 19h, na E.E. “Prof. Agenor Medeiros”; e Santa Rosa de Viterbo, dia 13 de novembro, às 13h30, na E.E. “Conde Francisco Matarazzo”.

Em seguida, há um filtro que define quem passa para a dinâmica, avaliando os pré-requisitos de renda, moradia e nota da prova. Por fim, uma visita domiciliar. Os aprovados para o projeto serão notificados até a primeira quinzena de dezembro.

Clique AQUI para fazer a sua inscrição.

Mogi Guaçu

MOGI

Luiz Antônio

LuizAntonio

Guatapará

Guatapara

Santa Rosa de Viterbo

SANTAROSA

São Simão

SaoSIMAO

0 comentários

Deixe seu comentário

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>