Guardiões das Águas premia escolas em Rio Verde (GO)

Projetos vencedores incluem hortas e captação de água para reuso no ambiente escolar

Anuncio das escolas vencedoras- editada2

Representantes das escolas acompanham anúncio dos vencedores do “Guardiões das Águas”

No dia 22 de agosto, três escolas de Rio Verde (GO) celebraram o recebimento do prêmio “Guardiões das Águas”, iniciativa do Instituto International Paper para reconhecer os melhores projetos relacionados ao uso racional dos recursos hídricos. Este ano, foi a vez do município goiano participar ativamente das ações, envolvendo educadores do Ensino Fundamental. Os autores dos projetos premiados receberam respectivamente R$ 2 mil, R$ 1,5 mil e R$ 1 mil. E cada escola ficou com R$ 8 mil.

As grandes vencedoras de 2016 foram a EMEF Monte Alegre, com o projeto Água: conscientizar para preservar; em segundo lugar, ficou a EMEFTI Professor Waldyr Emrich Portilho, com Gota D’ Água; e o terceiro lugar foi para a EMEF Professor Francisco Joaquim de Paiva, com Água: joia cristalina. Em comum, essas escolas pretendem construir hortas e investir em sistemas de armazenagem de água para reuso, como cisternas. Um benefício para toda a comunidade, além de trabalhar a conscientização por meio de palestras, boletins informativos, entre outras ações com o foco ações educativas, como a economia de água (veja abaixo).

PRÊMIO SERÁ REVERTIDO EM MELHORIAS – A EMEF Monte Alegre, cujo projeto prevê o reconhecimento de nascentes próximas à escola e o reflorestamento de manancial, investirá parte da verba recebida para a compra de mudas. A EMEFTI Waldyr Emrich Portilho pretende expandir o projeto para fora da escola, incentivando pais e alunos para que pratiquem economia de água doméstica. A instituição também premiará o aluno que economizar mais água com uma bicicleta. A EMEF Professor Joaquim Francisco de Paiva planeja uma série de ações de conscientização dentro da escola. E o resultado irá compor uma exposição ao final do ano letivo.

O anúncio dos vencedores foi feito pela Gerente de Responsabilidade Social e Sustentabilidade da International Paper, Gláucia Faria, na Secretaria de Educação de Rio Verde. A premiação dos projetos encerra um ciclo de conscientização iniciada no primeiro semestre na cidade, com a exposição Linha d’ Água e com o espetáculo teatral Espaço Mundi. “Cada uma dessas ações buscou envolver a comunidade escolar para refletir sobre a utilização correta da água, tornando alunos e professores multiplicadores de ações mais sustentáveis quanto aos nossos recursos naturais”, declarou Gláucia.

PROJETOS VENCEDORES

ouro1º EMEF Monte Alegre

Projeto: Água: Conscientizar para preservar
Responsável pelo projeto:Aline Bilbio Peres (Coordenadora Pedagógica)
Iniciativas: Reconhecimento de nascentes próximas à escola, reflorestamento de manancial, cavalgada ecológica e construção de cisterna para reaproveitamento de água. Visitas, palestras, teatro para comunidade e horta na escola.
Uso do Prêmio: Construção da cisterna e horta, materiais para campanhas de conscientização  e mudas para reflorestamento.

 

prata2º EMEFTI Professor Waldyr Emrich Portilho

Projeto: Gota D’Água
Responsável pelo projeto: Andrea Cristina Cabral Guimarães(Coordenadora de atividades artísticas e desportivas).
Iniciativas: Passeata, música, boletim informativo, jornalzinho para divulgar as ações do projeto, visitas, palestras, horta na escola e premiação de uma bicicleta para o aluno que que mais economizar água e doação de bombonas para armazenamento de água potável.
Uso do Prêmio: Construção de horta, compra de bicicleta, bombonas para armazenamento de água, e adequação de torneiras e descarga dos banheiros da escola

 

bronze3º EMEF Prof. Francisco Joaquim de Paiva

Projeto: Água Joia Cristalina
Responsável pelo projeto: Neusa Amélia Oliveira Cabral (Professora)
Iniciativas: Construção de cisterna para reaproveitamento de água, construção e manutenção de jardim com pneus, além de atividades trabalhadas na escola para conscientização e encerramento das atividades ao final do ano com a exposição do que foi realizado.
Uso do Prêmio: Construção de horta e cisterna.

 

 

 

 

0 comentários

Deixe seu comentário

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *