Formare capacitou aproximadamente 50 jovens para o mercado de trabalho em 2017

O objetivo do projeto é a transformação social por meio da educação de jovens

Turma de Mogi Guaçu

Turma de Mogi Guaçu (SP)

Somente no ano de 2017, o Projeto Formare capacitou cerca de 50 jovens para o mercado de trabalho. O projeto está na IP desde 2010 e é uma parceria com a Fundação Iochpe. Os alunos ingressaram no curso por meio de seleções criteriosas, entre provas, dinâmicas e entrevistas. Todos os estudantes são de comunidades vizinhas aos negócios da International Paper nas cidades de Luiz Antônio (SP), Mogi Guaçu (SP) e Três Lagoas (MS).

“Mais do que capacitar jovens em vulnerabilidade social, nós estamos ajudando a modificar a base familiar. Nós acreditamos que ao manter esse projeto dentro das nossas unidades fabris estamos transformando a vida das pessoas por meio do exemplo, da educação e mostrando um cenário de oportunidades”, afirmou Tomás Fernandes, coordenador do projeto.

Durante nove meses, de segunda a sexta-feira, as aulas foram ministradas voluntariamente pelos profissionais da IP – conhecidos como Educadores Voluntários. O projeto também contou com a participação de executivos que ocupam cargos de liderança e ofereceram tutoria aos alunos por meio do programa “Mire-se no Exemplo”.

Turma de Três Lagoas (MS)

Turma de Três Lagoas (MS)

“Os alunos são talentos descobertos e podemos lapidá-los, é gratificante! Sabemos que isso só é possível pela estrutura que o Formare proporciona para cada um. Os jovens passam a ter outra percepção da vida profissional e pessoal”, declarou Gabriella Pavanelli, trainee da IP, também Educadora Voluntária do Formare.

Prática Profissional

Além de aulas teóricas, os alunos também tiveram a oportunidade de conhecer os processos de produção de papel e celulose durante a Prática Profissional, onde foram monitorados por profissionais da IP e puderam aplicar a teoria aprendida em sala de aula.

Além disso, no fim do curso, os estudantes receberam um certificado reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC), emitido pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR).

Turma de Luiz Antônio (SP)

Turma de Luiz Antônio (SP)

“O Formare me transformou em uma pessoa melhor!  Ele colaborou para o meu desenvolvimento pessoal e profissional, me tornando uma pessoa mais comunicativa. Hoje sei o valor do trabalho em equipe e por meio da Prática Profissional escolhi a carreira que quero seguir. O Formare também me mostrou como os estudos são importantes e fazem parte da realização dos meus objetivos”, comemorou Mileny Nomura, de 19 anos, aluna do Formare 2017.

Em 10 anos de Instituto International Paper, o Formare IP capacitou mais de 300 jovens. O projeto ocorre em Mogi Guaçu (SP) desde 2010, em Luiz Antônio (SP) desde 2011 e em Três Lagoas (MS) desde 2014. As próximas turmas começam em março, nas três unidades.

Este post também está disponível em: Inglês

0 comentários

Deixe seu comentário

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *