“Dia Mundial da Água” completa 25 anos

Instituída pela ONU em 1992, a data alerta para a reflexão sobre o uso racional dos recursos hídricos.

01Há 25 anos, a Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu 22 de março como o “Dia Mundial da Água”. A ação é um chamado às autoridades governamentais e à população sobre a utilização deste recurso vital para a sobrevivência no planeta.

Na ocasião, a ONU também divulgou a Declaração Universal dos Direitos da Água. O documento destaca, em dez itens, o valor do patrimônio hídrico e da preservação ambiental para a vida, além de lembrar a finitude dos recursos naturais, que é agravada pelo comportamento predatório do Homem.

Declaração Universal dos Direitos da Água

-A água faz parte do patrimônio do planeta;
2-A água é a seiva do nosso planeta;
3– Os recursos naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados;
4– O equilíbrio e o futuro de nosso planeta dependem da preservação da água e de seus ciclos;
5– A água não é somente herança de nossos predecessores; ela é, sobretudo, um empréstimo aos nossos sucessores;

6– A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor econômico: precisa-se saber que ela é, algumas vezes, rara e dispendiosa e que pode muito bem escassear em qualquer região do mundo;
7– A água não deve ser desperdiçada nem poluída, nem envenenada;
8– A utilização da água implica respeito à lei;
9– A gestão da água impõe um equilíbrio entre os imperativos de sua proteção e as necessidades de ordem econômica, sanitária e social;
10– O planejamento da gestão da água deve levar em conta a solidariedade e o consenso em razão de sua distribuição desigual sobre a Terra.

Embora o planeta Terra tenha 2/3 de sua superfície coberta por água, menos de 1% é apropriado para o consumo humano. Soma-se a isso a insuficiência na distribuição e no tratamento para abastecer toda a população mundial. De acordo com informações das Nações Unidas, mais de 80% do esgoto produzido por seres humanos volta à natureza sem qualquer tipo de tratamento. A perspectiva é que a demanda de água potável aumente em 50% até o ano de 2030.

Diante de um cenário como este, a participação de todos é fundamental. A consciência ambiental pode ser disseminada em todos os setores da sociedade, por exemplo, por meio de ações sustentáveis, que aproveitem a água em seu máximo potencial.

O papel da indústria

Além da mudança de hábito por parte da população, o “Dia Mundial da Água” reforça a importância da adoção de boas práticas nas indústrias para a produção sustentável. De acordo com o “Relatório sobre o desenvolvimento mundial da Água” da ONU, o ano de 2017 terá a temática da “Água Residual”. Com isso, as soluções e aplicações para a água de reuso, imprópria para consumo, mas fundamental nos processos produtivos e nas operações fabris ganham mais destaque no debate sobre o consumo consciente.

Na IP, 95% da água utilizada no processo de fabricação de papel volta tratada à natureza ou é reutilizada. A empresa tem um compromisso não só com a produção sustentável, mas também entende sua função social de contribuir para a educação socioambiental de crianças e jovens por meio dos Projetos do Instituto International Paper.

0 comentários

Deixe seu comentário

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *