Confira as Escolas vencedoras do Guardiões das Águas 2017

Projetos vencedores incluem construção de cisternas, plantio de mudas e passeatas informativas sobre o tema

08-guardioes-das-aguas

O prêmio “Guardiões das Águas” é uma iniciativa do Instituto International Paper, que propõe aos participantes criarem projetos pedagógicos relacionados ao uso racional dos recursos hídricos dentro e fora da escola.

Este ano, foi a vez da região de Luiz Antônio participar ativamente das ações, envolvendo educadores do Ensino Fundamental I e II, sendo que cada escola vencedora receberá até R$ 7 mil reais para tirar suas propostas do papel e já no próximo dia 14 de junho os vencedores serão recebidos na sede da fábrica da International Paper em Luiz Antônio para um café de confraternização e início da implantação dos projetos vencedores.

Confira abaixo quais são as Escolas Guardiãs das Águas de 2017 vencedoras de cada município:

ALTINÓPOLIS/SP

EMEF Professora Carmem Miguel Vicari

Responsável pelo projeto: Gilmara Alves Arantes do Nascimento (Coordenadora Pedagógica)

Principais iniciativas: Construção de cisterna para captação da água da chuva e conscientização dos participantes por meio de atividades pedagógicas realizadas na escola, como apresentações musicais, palestras, maquetes além da confecção de folders e cartazes pelos alunos.

GUATAPARÁ/SP

EMEF Andrea Sertori Sandrin

Responsável pelo projeto: Rita de Cássia Azevedo (Professora do Ensino Fundamental I)

Principais iniciativas: Troca de válvulas hídricas e torneiras para redução do consumo de água na escola, construção de um sistema de reaproveitamento de água do bebedouro para irrigação da horta escolas, divulgação de informações para comunidade por meio de passeata e a revitalização de áreas verdes na Avenida Jacarandás e plantio de mudas nativas no bairro Nossa Senhora Aparecida.

LUIZ ANTÔNIO/SP

EMEF Professora Helena Maria Luiz de Mello

Responsável pelo projeto: Margarete Carvalhaes de Jesus Janini (Professora do Ensino Fundamental II)

Principais iniciativas: Construção de cisterna para captação da água da chuva que será utilizada para regar uma horta comunitária já existente na escola. Além dessa ação a escola também propõe trabalhar o tema com os alunos ao longo do ano e fazer o reparo de alguns espaços públicos da escola.

SÃO SIMÃO/SP

EMEF Marcílio Bondesan

Responsável pelo projeto: Ana Paula Baldini Vieira de Souza (Assessora Pedagógica)

Principais iniciativas: Construção de cisterna para captação de água da chuva para ser implantada na escola e a demonstração para a comunidade de como construir uma mini cisterna doméstica. Também será feito a apresentação pelos alunos do texto “Carta do Futuro” e cada sala de aula desenvolverá um projeto relacionado ao tema para ser apresentado no final do ano.

0 comentários

Deixe seu comentário

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>